quarta-feira, 21 de julho de 2010

Todos os planetas em nós


E conversando com a minha mãe ontem a noite, que tem um conhecimento único, sobre natureza, amor e bruxas, entramos em um assunto que me deixa bastante incomodada. Nosso planeta Terra. E então com toda sua doçura e encantou, eis que ela me explica:
- Filha, o mundo está passando por grandes mudanças, mas as pessoas ainda não conseguem sentir ou entender, que tudo o que acontece a nossa volta, também acontece dentro da gente, tudo que é feito na Terra, cairá sobre os filhos dela. Apena os mais sensíveis, como nós, com o coração ligado a essas energias, podemos sentir. Todos os planetas também estão ligados a nós, suas mudanças regem mudanças dentro de nós, devemos ter paciência, calma pra tudo, até no trânsito. - disse sorrindo, com olhos de quem ve o mundo com ternnura.
E a Luaísis me pergunta:
- Dinda, mas cabe todos os planetas dentro da nossa barriga???? - com uma cara de dúvida.
- HAHAHAHA! Não meu amor, apenas todas as cores e energia deles. - e dei um beijo em sua testa.

Criança tem dessas coisas. Esse imaginar sem fim. E eu, eu amo tanto!

Beijos de luz.

3 comentários:

Anônimo disse...

Oi....caramba..que linda aula de bruxaria...sua mãe possui excelentes realizações..e fiquei feliz de você ser madrinha, e sendo espiritualizada, pode ensinar como ninguém sua afilhada....amei a lição, vou recomendar...e sua mãe está completamnte certa.Abração...Bruxa...
Obs>:Só a chamo de Bruxa, porque você realmente tenta viver esses ensinamentos...e não é uma pessoa apenas teórica.Vi grupos de prática como o do Claudiney Pietro, e de fato lá vi muita teoria, pouca prática.E se não te incomoda, a chamare assim, pois vc é um bom exemplo de Bruxa de Luz.Se não gostar, paro com isso...rsrs..Nunca mais a vi...no msn...espero poder conversar com vc.Ei...já são três bruxas,Luaísis,vc e sua mãe...viu só?Já possuem um excelente coven familiar.rs

@carolecarol disse...

Own... Isso faz sentido :)

Anônimo disse...

Se souberes o quanto de água envenenamos por dia através da agricultura, ficarás abismada o quanto a natureza sofre para alimentar a estrutura social dos homens. Sim, há uma crescente ruptura entre o homem e a natureza e essa desconexão é danosa em todos os níveis de nossa existência. Estamos tão voltados para nós mesmos em nossos crescentes centros urbanos que acabamos por esquecer de todo universo que nos sustenta, nos rodeia. Esquecemos das cinco forças fundantes, esquecemos o divino que há em nós, nos outros e na natureza. A cabala está esquecida, gaia sofre com nossas ações e nós sofremos com gaia. Estamos vivendo uma profunda desarmonia, sem sintonia com a natureza. Sim, somos feitos da mesma matéria que sustenta a estrela mais distante. Por isso somos íntegros ao universo, mas para haver integridade é necessário se fazer íntegro, é necessário uma nova filosofia da ação que nos coloque em harmonia com nosso íntimo, que nos faça conscientes de nossa responsabilidade e respeito por mãe gaia novamente.